Teste
click para ver a coluna
Histórias de SH

João Rosa Correia

 
Saudações a todos, sou morador de SH e tenho muito orgulho de viver aqui, terra de gente trabalhadora e guerreira que enfrenta sol e chuva enfim povo trabalhador, o que vejo nos ulitmos dias sao ataques e mais ataques de alguns que intitulam lideranças em nossa cidade, eleição passou e teremos outra em breve com outros personagens. Gostaria de propor de forma refletiva uma debate com todos sejam eles situação ou oposição. O que queremos para nossa SH? O que queremos para nossos filhos para nossas empresas? Isso parte de lideranças de verdade, vivemos no nosso pais um profunfo descontentamento politico os quais teremos que ter reflexao de nossos atos aqui tb.

enviado por santahelenense em 25/04/2017 as 05:37:14

Histórias de SH

João Rosa Correia

 
publicado em 06/Jun/2017 09:35

Reclamação de um Rio do centro de Santa Helena

Quando aqui chegaram as primeiras famílias de agricultores, bem como de pessoas que vieram desempenhar atividades comerciais na década de 1950/1960 em Santa Helena, inicialmente foram acolhidos nas casas construídas pela Empresa de Colonização Agrícola Madalozzo. Os alojamentos ficam próximo ao cruzamento da Avenida São Paulo com a Rua Ângelo Cattani. A referida empresa escolheu este lugar em razão da abundante quantidade de água límpida e potável que existia naquele lugar, portanto, em plenas condições de uso aos humanos e animais domésticos.

Em meio à inúmeras vertentes de água que brotava do solo, corria e ainda “corre” um Rio. As vertentes direcionavam os fluxos de água para o Rio deixando-o forte e vigoroso. Esta “engrenagem” (ecossistema) natural, permitia ao Rio abastecer de água as casas dos santa-helenenses no início da colonização, pelo qual servia nas suas higienes pessoais, preparar alimentos . . ., além disso, era o local que as mulheres/homens lavavam as roupas de seus familiares, acrescenta-se ainda, Rio que matava a sede dos animais domésticos: gado bovino, equinos, suínos e cachorros trazidos nas mudanças. Rio do lazer/divertimento das “criançadas”, pois nele, pulavam, cantarolavam, faziam amizades, nadavam, enfim, vivam encantados com aquela dádiva fornecida gratuitamente pela natureza e bem próximo de suas moradas.

Os primeiros moradores do vale deste Rio conscientes das benesses que recebiam das suas águas, resolveram dar-lhe o nome de Rio Santa Helena e acrescentaram ao espaço geográfico banhado pelas águas do Rio, Vila Rica, (homenagem às suas águas) mais tarde elevado para Bairro Vila Rica. A Empresa Madalozzo loteou aquele espaço e em poucos anos conseguiu negociar (vender) os lotes da Vila Rica à um contingente expressivo de pessoas. Entretanto, a Madalozzo ao vender os terrenos não teve os devidos cuidados/preocupação inicial na preservação do Rio e seus afluentes. Nos terrenos adquiridos da imobiliária, os moradores faziam suas residências e assim abrigavam os familiares.

O Rio que outrora fornecia a água potável àqueles que dele recorria, passa a sofrer as consequências do crescimento urbano desordenado. Fato motivado pelo rápido aumento da população que passaram a residir muito próximo do Rio. A esta altura, sem a participação do poder público em realizar a canalização adequada (esgotos) para que houvesse o encaminhamento correto do tratamento dos dejetos humanos e demais entulhos acumulados pela população local, infelizmente as pessoas se viam obrigados a lançar no Rio o lixo que produziam.

Diante desta situação calamitosa e cruel ao Rio, a partir do início da década de 1990 os próprios moradores do Bairro Vila Rica passaram a chamá-lo de Rio Bostinha. Ainda na década de 1990 e nas décadas subsequentes, em razão de vários fatores, os responsáveis do poder público municipal passaram a investir na captação de águas pluviais por intermédio de galerias, com o objetivo de combater o transbordamento das águas daquele rio e assim por fim as enchentes que assolava aquele Bairro.

Paralelamente a esta melhoria, dispuseram também da canalização dos esgotos domésticos para o recolhimento e tratamento dos dejetos humanos, dando um pouco de alívio ao Rio. O Rio que outrora era chamado orgulhosamente de Rio Santa Helena pelas primeiras famílias que aqui fixaram residência e que atualmente recebe injustamente o nome de Bostinha (culpa do nosso modelo de sociedade e não do Rio), precisa ser revisto esta denominação. Só assim voltaremos a lhe auferir o verdadeiro nome, que a meu ver tanto merece: Rio Santa Helena.

 

Observação.

Estas informações obtive do Sr. José Carvalho da Silva (Popularmente conhecido por José Português), um dos integrantes da primeira família que veio residir em Santa Helena e por muitos anos residiram no Bairro Vila Rica. Chegaram em Santa Helena no dia 20 de junho de 1957, oriundos de Concórdia SC.

Obs. A residência de José Carvalho da Silva está localizada na esquina da Rua Pará com a Rua Ipê sob o nº 560 do Jardim Acácio - Bairro São Luiz – Santa Helena Paraná.

Pesquisa e produção do texto: Professor João Rosa Correia.

 

 

 

 

 


Reclamação de um Rio do centro de Santa Helena
06/Jun/2017 09:35
Dia da Consciência negra 2016
30/Nov/2016 05:35
Famílias de Afrodescendentes: Silva e Rocha são partícipes na formação histórica/cultural do Município de Santa Helena Paraná.
01/Sep/2016 08:19
Entrevista com a pioneira Lourdes Z. Osvald.
21/Mar/2016 02:47
Semana Pedagógica 2016
26/Feb/2016 01:47
Professor João Rosa Correia entrevistou a Sra. Rose Calsing, pioneira deste município relatando a história de José Biesdorf
16/Dec/2015 01:59
CEEBJA – Centro Estadual de Educação Básica de Jovens e Adultos Santa Helena PR.
09/Dec/2015 06:48
Câmara Jovem de Santa Helena visitam a Assembleia Legislativa do Paraná.
30/Nov/2015 11:01
CEEBJA –Centro Estadual de Educação Básica de Jovens e Adultos de Santa Helena.
29/Oct/2015 06:49
Estudante da Escola Estadual Graciliano Ramos Ensino Fundamental Séries Finais de Santa Helena recebe prêmio na OBMEP 2014.
03/Sep/2015 04:07
ESCOLA ESTADUAL GRACILIANO RAMOS – ENSINO FUNDAMENTAL SÉRIES FINAIS – SANTA HELENA PARANÁ
17/Aug/2015 12:43
Escola Estadual Graciliano Ramos Ensino Fundamental Séries Finais – Santa Helena PR.
08/Aug/2015 09:42
Memórias do casal José Granima da Cruz e Ivone da Cruz
06/May/2015 08:03
Escola Estadual Graciliano Ramos – Ensino Fundamental Séries Finais de Santa Helena
16/Apr/2015 08:20
Sr. José Carvalho da Silva, uns dos 16 filhos da primeira família a fixar residência na cidade de Santa Helena Paraná no ano de 1957.
24/Feb/2015 02:35
Professor João Rosa Correiaentrevista Luis Carlos Kozerski e José Alberto Kozerski.
15/Jan/2015 06:18
Professor João Rosa Correia de História entrevista sua Tia Ana Galvão e conta em um artigo a história de seu povo.
03/Jan/2015 07:05
Professora de História da Escola Estadual Graciliano Ramos trabalha com maquetes o período Medieval.
16/Dec/2014 01:26
Escola Estadual Graciliano Ramos realiza formatura dos nonos anos.
12/Dec/2014 07:13
Professores e estudantes da Escola Estadual Graciliano Ramos visitam o Centro Avançado de Pesquisa de Santa Helena.
08/Dec/2014 07:38
Entrevista com o ex-prefeito Júlio Morandi de Santa Helena Paraná.
03/Dec/2014 06:19
Afro Graciliano Ramos 2014
27/Nov/2014 08:20
CEEBJA de Santa Helena desenvolve atividades pedagógicas sobre Consciência Negra.
20/Nov/2014 08:02
               

© focoSH - 2013 - Todos os direitos reservados