focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Saúde
Vacina contra a gripe será ofertada de graça para toda a população a partir de segunda-feira (3) no Paraná
Doses oferecidas sobraram da campanha para imunizar o público-alvo, que termina nesta sexta (31); meta do Ministério da Saúde é vacinar ao menos 90% da população
Por G1 | Postado em: 31/05/2019 - 10:08

A vacinação contra gripe termina nesta sexta (31) para o público prioritário da campanha em todo o Paraná. As doses restantes vão ficar disponíveis para toda a população a partir de segunda-feira (3). A meta do Ministério da Saúde é imunizar ao menos 90% da população.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), os idosos e os funcionários do sistema prisional foram os que mais procuraram os postos para a vacinação, chegando a 100% do público imunizado no estado.

Os indígenas registraram 96% de procura, e as puérperas, que são as mães de recém-nascidos de até 45 dias, 90%. Os demais grupos que estavam como prioritários tiveram o alcance de vacinação entre 60% e 89%, ainda conforme a Sesa.

O último boletim da gripe, divulgado nesta quarta-feira (29), apontou que 133 casos da doença foram confirmados no estado. Trinta e sete pessoas morreram da doença desde o início do ano.

As mortes ocorreram em Almirante Tamandaré, na Grande Curitiba, em Paranavaí, na região noroeste, em Santa Terezinha de Itaipu e Foz do Iguaçu, na região oeste, em Paranaguá, no litoral, e em Curitiba.

Últimas Notícias
Saúde 16 Set às 07:08
Estimativa é 13,6 milhões de brasileiros precisem do procedimento
Saúde 07 Set às 22:00
Dose na gravidez previne doenças nos primeiros meses de vida
Saúde 03 Set às 06:55
Guia será lançado na Jornada Nacional de Imunizações, em Fortaleza
Saúde 01 Set às 07:38
Primeiro relatório para acompanhamento do sarampo no estado foi divulgado pela Secretaria de Estadual da Saúde (Sesa) na quinta-feira (29)
Saúde 31 Ago às 07:33
Nesta semana um importante evento trouxe à tona a importância dos cuidados com saúde principalmente entre os homens que, segundo estatísticas, não têm o hábito frequente de fazer os chamados "check-ups"
Tecnologia e desenvolvimento