focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Política
Secretaria de Aquicultura quer apoio de Itaipu para ampliar a produção pesqueira no Brasil
Entre as iniciativas desejadas está a revisão de decreto que proíbe o cultivo de tilápias no reservatório
Por Assessoria/Itaipu | Postado em: 06/04/2019 - 08:54

Mais Imagens

O secretário nacional de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Júnior, teve um encontro nesta sexta-feira (5) com o diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, em Foz do Iguaçu, para pedir apoio ao desenvolvimento nacional do mercado da pesca no Brasil.

Recém-chegado de uma visita bem-sucedida a Israel, onde acompanhou a comitiva do presidente Jair Bolsonaro, Seif Júnior visitou a binacional, onde reforçou a importância da usina nesse projeto, a partir de uma proposta de cultivo da tilápia no reservatório da hidrelétrica. Itaipu mantém ações de incentivo à pesca, com apoio e orientação técnica aos pescadores locais.

Um dia antes do encontro do secretário com o diretor de Itaipu, em Foz do Iguaçu, o presidente Jair Bolsonaro fez uma transmissão ao vivo via Facebook reforçando que Itaipu pode ajudar o Brasil a melhorar a produção pesqueira nacional, com base nas boas condições oferecidas pelo reservatório da usina.

O presidente lembrou que, quando esteve na usina para a posse do diretor-geral brasileiro, em 26 de fevereiro, juntamente com o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benitez, sinalizou a possibilidade de utilizar o “mar de água doce”, em alusão ao lago da hidrelétrica, “para o cultivo de peixes”.

Ainda segundo Bolsonaro, naquele mesmo dia houve um contato de Jorge Seif Júnior com o responsável pelo setor, no Paraguai, para tratar sobre o tema. O presidente disse ainda que, nesta semana ou na próxima, os dois responsáveis pelo setor de pesca de ambos os países vão se encontrar na região, para dar “outro grande passo nesse sentido”.

O reservatório de Itaipu possui todas as condições favoráveis de mercado, aptidão técnica e vasta disponibilidade de insumos e áreas propícias à realização da aquicultura. Com a liberação do cultivo da tilápia, a expectativa é que, em breve, a produção pesqueira no reservatório dobre e venha a responder por 50% da produção nacional. 

O que se espera

A ideia é ampliar a produção brasileira de peixe no Brasil e expandir seu consumo no mercado nacional e internacional. O diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, passou ao diretor de Coordenação, Newton Kaminski, a incumbência de apresentar um plano de ação para viabilizar uma proposta que atenda aos anseios do presidente, levando em consideração também a segurança e as questões ambientais do reservatório.

Em reunião com os profissionais da Itaipu envolvidos com as atividades de monitoramento do reservatório e incentivo à atividade pesqueira, ficou definida a primeira etapa do plano de ação. O primeiro passo seria revogar o decreto 4.256, de 3 de junho de 2002, em especial o artigo 17, que proíbe a introdução de espécies não naturais – como é o caso da tilápia – no reservatório de Itaipu.

A Diretoria de Coordenação brasileira da Itaipu fará um alinhamento com a equipe técnica do lado paraguaio para que, juntas, elaborem uma ata técnica a ser apresentada ao Ministério de Meio Ambiente e outros órgãos, corroborando a viabilidade do cultivo de tilápia no lago. A Secretaria de Aquicultura e Pesca vai intermediar o processo junto à Presidência da República.

Últimas Notícias
Política 12 Ago às 08:47
Está marcado para quarta-feira, 14, o início dos trabalhos na Comissão de Constituição e Justiça para debater o tema
Política 07 Ago às 07:23
Texto deve ser integrado aos existentes na Câmara e no Senado
Política 01 Ago às 07:17
Adelar Neumann (DEM) foi acusado de exigir parte do salário de um funcionário comissionado da prefeitura do município, que foi indicado por ele ao cargo. A defesa nega a acusação
Política 20 Jul às 07:01
Deputado do MDB reembolsou R$ 233 mil em cinco anos, conforme o processo; cabe recurso da decisão
Tecnologia e desenvolvimento