focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Cotidiano
Reuniões alinham novos incentivos e programas para a agricultura de Santa Helena
Por Assessoria | Postado em: 06/11/2018 - 09:22

Nesta segunda-feira (05) a secretaria municipal de Agricultura concentrou as atenções em discutir com entidades que fazem parte do contexto geral do setor no município e compõem o Codesah, Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Santa Helena, os programas de incentivo aos produtores rurais que irão integrar um novo Projeto de Lei unificado para contemplar todos os segmentos agrícolas existentes no município.
As intenções foram apresentadas a representantes de sindicatos, cooperativas, associações, Instituto Ambiental do Paraná, Emater, vereadores e demais interessados que puderam sugerir e incrementar a nova lei que irá atender com mais eficiência toda a classe produtiva.
Os incentivos previstos englobam desde materiais de construção como pedra, areia, tijolos e telhas até terraplanagens, calcário, sementes, agricultura de precisão através de análises de solo, auxílio a apicultores, pescadores e outros.
Conforme o secretário de Agricultura, José Carlos de Oliveira, o projeto já está em análise jurídica e em breve será encaminhado para apreciação na Câmara de Vereadores: "Queremos unificar em uma só Lei este novo projeto de incentivo para os produtores rurais que irá abranger, bovinucultura, avicultura, suinocultura, psicultura, e demais atividades e assim que tivermos a aprovação na Câmara, iremos levar estes programas até o agricultor," enfatiza o secretário.
Na parte da tarde, na sala de reuniões da prefeitura, outro importante avanço para o município se concretizou que foi o apontamento das áreas a serem atendidas pelo novo convênio com a Itaipu que será executado a partir de março 2019, após o encerramento da parceria já existente. Estiveram presentes na reunião, prefeito Zado, secretários municipais, sub-prefeitos e representantes da Binacional que expuseram as intenções em investir fortemente em diversos setores do município. Um deles, é a recuperação de 11 microbacias que englobam diversos serviços, como conservações de solo, novas caixas d'água para prédios públicos, abastecedores comunitários, preservações das APP's - Áreas de Proteção Permanente e sobretudo o atendimento a pedidos efetuados pelo município, que é o conhecedor das principais demandas atuais.
Para José Carlos de Oliveira, a renovação e ampliação do convênio com a Itaipu é determinante para que continuem os trabalhos existentes e novos investimentos sejam realizados com esses recursos: "Estamos formatando este novo convênio que irá abranger 11 mil hectares de área no município através das microbacias identificadas no planejamento e assim, atender ainda mais as comunidades do interior em diversos setores," comemora Zé Carlos.

Tecnologia e desenvolvimento