focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Política
PT não consegue demover Ciro, que anuncia apoio crítico a Haddad
Por Bem Paraná | Postado em: 10/10/2018 - 21:21

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A ofensiva petista para convencer Ciro Gomes a aderir à candidatura presidencial de Fernando Haddad, inclusive ocupando posto no comando da campanha eleitoral, não foi bem-sucedida.

Em rápida entrevista concedida nesta quarta-feira (10), em Brasília, o terceiro colocado na eleição presidencial deste ano anunciou um apoio crítico ao petista, contra o que chamou de fascismo.

"Abaixo a ditadura e viva a democracia", disse.

O acordo foi antecipado na segunda-feira (8) pela Folha de S.Paulo. Em decisão, a executiva nacional do PDT liberou os filiados ao partido a apoiarem o petista ou declararem neutralidade. A única proibição estabelecida, com a possibilidade de expulsão, é o apoio a Jair Bolsonaro, do PSL.

Nos últimos dias, o senador eleito Jaques Wagner (PT-BA) e a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, procuraram dirigentes pedetistas em torno de uma adesão à candidatura petista. Em um aceno a Ciro, Haddad incorporou propostas do adversário em seu programa de governo e se reuniu com Mangabeira Unger, um dos principais conselheiros do pedetista.

Magoado com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a quem acusa de ter atuado para esvaziar sua candidatura, no entanto, Ciro decidiu manter a postura crítica. A ideia é de que ele faça críticas a Bolsonaro durante o segundo turno, mas evite subir no palanque do petista.

O acordo também prevê que nenhum integrante do partido faça parte de uma eventual gestão Haddad e que a sigla se mantenha no campo da oposição independentemente de quem vença o processo eleitoral. O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, defende que, no dia seguinte à posse, Ciro seja anunciado como candidato à sucessão presidencial em 2022.

"O Ciro não subirá em nenhum palanque. Nós somos mais um voto contra o Bolsonaro, aos riscos que ele representa, do que ao Haddad", disse Lupi.

Últimas Notícias
Política 11 Dez às 07:07
Presidente eleito diz que voto popular é "compromisso inquebrantável"
Política 09 Dez às 09:15
Proposta foi citada durante teleconferência em evento no sábado (8). O presidente eleito disse que está preocupado com o sistema de votação.
Política 05 Dez às 07:03
PT aponta abuso de poder porque apoiador de Bolsonaro teria ameaçado demitir funcionários se eles não votassem no candidato do PSL. Fachin pediu mais tempo para estudar caso
Política 04 Dez às 07:44
Defesa do ex-presidente apresentou novo pedido após Sérgio Moro ser anunciado ministro de Jair Bolsonaro; Moro condenou Lula em 1ª instância. Petista está preso desde 7 de abril
Política 27 Nov às 09:22
Reajuste vale também para a procuradora-geral da República
Tecnologia e desenvolvimento