focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Policial
Promotoria pede prisão preventiva do vereador Adelar Neumann: ele segue detido na cadeia rondonense
A partir dessa entrevista, entidades iniciaram um movimento para ser apresentado o mais breve possível na Câmara de Mal Rondon, o pedido de cassação do mandato do vereador Adelar Neumann, do Democratas
Por Marechal News | Postado em: 06/02/2019 - 09:00

Mais Imagens

Aconteceu ontem (05), no final da tarde no Fórum de Mal Rondon, a audiência de custódia do caso do vereador Adelar Neumann, preso na segunda-feira pelo GAECO ao ser flagrado recebendo “mensalinho” de um servidor municipal comissionado da prefeitura.

Conforme denuncia, na investigação conduzida em parceria entre GAECO – Núcleo de Foz do Iguaçu e a 2o Promotoria de Justiça da comarca de Mal Rondon, foi apurado que o vereador do Democratas exigia metade do salário do servidor comissionado – cerca de dois mil reais – por ter sido ele quem fez a indicação para tal função.

Em depoimento a Policia Civil de Mal Rondon, o servidor municipal – com cargo de diretor na assessoria de comunicação – confirmou que desde agosto do ano passado, quando foi contratado pela prefeitura, teria repassado mensalmente parte de seu salário para Adelar Neumann.
O vereador foi preso na segunda por volta do meio-dia e ontem no final da tarde aconteceu no Fórum de Mal Rondon uma audiência de custódia.

Após a oitiva do vereador, o Promotor de Justiça apresentou pedido de decretação da prisão preventiva alegando haver necessidade de se garantir a ordem pública e por conveniência da instrução criminal.

A Defesa, por sua vez, representada pelo advogado Christian Guenther, contra argumentou alegando que não há risco de violação à ordem pública muito menos prejuízo à instrução criminal pois o acusado exerce mandato de vereador, sendo que o suposto delator exerce cargo no poder executivo, não havendo interferência do vereador em sua nomeação ou exoneração.

O advogado Christian Guenther fala da audiência de custódia ontem, destacando que a decisão agora cabe ao juiz da Vara Criminal, Clairton Mario Spinassi, que vai avaliar os pedidos da Promotoria e Defesa; e enquanto isso o vereador Adelar Neumann segue detido na Delegacia rondonense.

Na edição de ontem, de Frente Ampla de Noticias, o presidente da ONG Vigilantes da Gestão, Sir Carvalho, de Curitiba, concedeu entrevista visto que em 2017, a Organização denunciou Adelar Neumann por praticas irregulares quando ocuparia – conforme a denuncia – cargo de gerente da Agencia do Trabalhador – SINE – de Mal Rondon, nos anos de 2013 e 2014.
O presidente da ONG ainda solicitou na entrevista mobilização da sociedade rondonense, para ingressar o pedido de cassação do mandato de vereador de Adelar Neumann.

A partir dessa entrevista, entidades iniciaram um movimento para ser apresentado o mais breve possível na Câmara de Mal Rondon, o pedido de cassação do mandato do vereador Adelar Neumann, do Democratas.

Últimas Notícias
Policial 18 Jul às 07:11
Acordo prevê que os réus realizem as obras sem que haja qualquer tipo de lucro e entreguem maquinários para o município, com preço abaixo do valor de mercado
Policial 02 Jul às 08:30
Ex-governador do Paraná vai responder por fraude a licitação, corrupção e lavagem de dinheiro; denúncia foi aceita pela 23ª Vara Federal de Curitiba nesta segunda-feira (1º)
Policial 27 Jun às 09:18
Ação foi deflagrada nesta quinta-feira (27). De acordo com a PF, a quadrilha trazia produtos do Paraguai – principalmente cigarros e eletrônicos – para o Brasil
Policial 26 Jun às 07:42
Marido de deputada, pastor Anderson do Carmo, foi morto no dia 16
Policial 26 Jun às 07:33
Dois motoristas foram presos com essência de narguilé e facas. Apreensão foi realizada nesta terça-feira (25), em São Miguel do Iguaçu, no oeste do Paraná
Policial 18 Jun às 07:02
Os dois já prestaram depoimento e estão detidos por outros crimes. Anderson foi assassinado com pelo menos 15 tiros na madrugada de domingo (16)
Tecnologia e desenvolvimento