focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Saúde
Paraná chega a 14 casos confirmados de febre amarela, indica boletim
Boletim da Secretaria de Saúde foi divulgado nesta quinta-feira (4); único caso confirmado nesta semana é de Paranaguá, no litoral do estado
Por G1 | Postado em: 05/04/2019 - 10:05

O Paraná chegou a 14 casos confirmados de febre amarela neste ano, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). O boletim semanal foi divulgado nesta quinta-feira (4).

Em comparação ao levantamento anterior, o boletim registrou uma morte a mais causada pela doença no estado. Outras 85 ocorrências estão em investigação e 202 foram descartadas.

O caso confirmado nesta semana foi notificado em Paranaguá, no litoral do Paraná. Conforme a Sesa, a vítima contraiu a doença no próprio município.

Os outros municípios com casos confirmados são Antonina, Morretes, Adrianópolis, Campina Grande do Sul, Curitiba, Piraquara e São José dos Pinhais.

Até o momento, também foram confirmadas mortes de macacos - que não transmitem a doença - em cinco locais (Antonina, Morretes, Paranaguá e São José do Pinhais e Castro). Outras 27 suspeitas estão em investigação.

A Sesa reforça a importância da vacinação contra a febre amarela, que é indicada para pessoas de nove meses a 59 anos. As vacinas estão disponíveis em Unidades Básicas de Saúde.

Últimas Notícias
Saúde 31 Mai às 10:08
Doses oferecidas sobraram da campanha para imunizar o público-alvo, que termina nesta sexta (31); meta do Ministério da Saúde é vacinar ao menos 90% da população
Saúde 30 Mai às 07:46
Doença é transmitida pelo carrapato-estrela, encontrado facilmente em locais próximos a matas. Cinco das sete confirmações foram na Regional de Paranaguá, no litoral
Saúde 29 Mai às 07:49
De acordo com boletim publicado nesta terça-feira (28), quase 10 mil casos foram confirmados no estado desde agosto de 2018
Saúde 23 Mai às 07:28
Decisão é válida para tratamentos de doenças raras e ultrarraras
Saúde 16 Mai às 07:47
Boletim foi divulgado nesta quarta-feira (15); número de casos confirmados da doença aumentou de 41 para 74 em uma semana, conforme a Sesa
Tecnologia e desenvolvimento