focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Cotidiano
Operação Capitu: Joesley Batista, da JBS, é um dos presos
Por EBC | Postado em: 09/11/2018 - 10:05

O empresário Joesley Batista, dono da JBS, está entre os presos da Operação Capitu, deflagrada nesta sexta-feira (9) pela Polícia Federal.

Ele é suspeito de envolvimento no pagamento de propina a servidores e agentes políticos que atuavam no Ministério da Agricultura e na Câmara dos Deputados.

Além de Joesley, foi preso o ex-ministro da Agricultura e atual vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade (MDB). 

Ao todo, 63 mandados de busca e apreensão e 19 de prisão temporária estão sendo cumpridos, a pedido do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Paraíba e no Distrito Federal.

A operação tem por base a delação de Lúcio Funaro, apontado como operador do MDB. 

Segundo as investigações, havia um esquema de arrecadação de propina dentro do Ministério da Agricultura para beneficiar políticos do MDB, que recebiam dinheiro da JBS, dos irmãos Joesley e Wesley Batista, em troca de medidas para beneficiar as empresas do grupo.

Por meio de nota, a defesa de Joesley informou que a prisão de seu cliente foi recebida com “estranheza”, uma vez que o empresário é colaborador da Justiça, função que estaria sendo cumprida “à risca”.

“Causa estranheza o pedido de sua prisão no bojo de um inquérito em que ele já prestou mais de um depoimento na qualidade de colaborador e entregou inúmeros documentos de corroboração.

A prisão é temporária e ele vai prestar todos os esclarecimentos necessários”, diz a nota, em declaração atribuída ao advogado André Callegari.

Últimas Notícias
Cotidiano 19 Mar às 10:51
O Canil Municipal era uma reivindicação antiga da comunidade, que agora, com recursos próprios do Poder Executivo torna-se realidade
Cotidiano 18 Mar às 10:38
Propostas devem ser apresentadas desta segunda (18) até dia 26 de março; lances podem ser ofertados no dia 27; valores iniciais dos lotes variam de R$ 300 a R$ 1,1 mil
Cotidiano 15 Mar às 08:53
Investimentos de quase R$ 70 milhões são do próprio Tesouro Estadual e de financiamentos do Banco Interamericano de Desenvolvimento e do FGTS. São famílias que não vão pagar nada, outras terão financiamento e a terceira linha é para atender os idosos
Cotidiano 13 Mar às 08:23
Prazo para a entrega das declarações termina em 30 de abril
Cotidiano 11 Mar às 08:47
Apesar de isentas de imposto, Receita exige que doações sejam informadas na declaração, pois elas levam a variações de patrimônio tanto para quem doa quanto para quem recebe
Tecnologia e desenvolvimento