focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Saúde
OMS: mortes por covid-19 podem dobrar para 2 milhões antes de vacina
Afirmação é do chefe do Programa de Emergências da OMS, Mike Ryan
Por EBC | Postado em: 27/09/2020 - 06:45

O número de mortes causadas pelo novo coronavírus pode dobrar para 2 milhões antes que uma vacina bem-sucedida seja amplamente distribuída, e pode ser ainda maior sem uma ação conjunta para conter a pandemia. A afirmação foi feita pelo chefe do Programa de Emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Mike Ryan, nessa sexta-feira (25).

"A menos que façamos isso, qualquer número que você diga não é apenas imaginável, mas infelizmente muito provável", disse Ryan em entrevista. 

Ele fez a declaração no momento em que o número total de mortes, nove meses depois que o vírus foi descoberto na China, se aproxima da terrível marca de 1 milhão. "Ainda não estamos fora de perigo em lugar nenhum, não estamos fora de perigo na África", acrescentou.

Para Mike Ryan, os jovens não deveriam ser culpados por um aumento recente de infecções, apesar dos temores crescentes de que estejam estimulando sua disseminação depois que restrições e isolamentos foram relaxados em todo o mundo.

"Realmente espero que não comecemos a apontar o dedo: é tudo culpa dos jovens", disse ele. "A última coisa que uma pessoa jovem precisa é de uma pessoa idosa apontando o dedo". Na verdade, reuniões de pessoas de todas as idades em ambientes fechados estão impulsionando a epidemia, disse.

A OMS continua a conversar com a China a respeito de seu possível envolvimento com o esquema de financiamento Covax, para garantir acesso global rápido e igualitário a vacinas contra a covid-19 uma semana depois de o prazo para a filiação se encerrar.

"Estamos conversando com a China a respeito do papel que ela pode desempenhar daqui em diante", disse Bruce Aylward, conselheiro sênior da OMS e chefe do programa ACT-Accelerator de apoio a vacinas, tratamentos e diagnósticos contra a doença.

Ele confirmou que Taiwan se filiou ao esquema, embora não seja membro da OMS, o que eleva o total de participantes a 159. Cerca de 34 ainda estão decidindo.

As negociações com a China também incluem um debate sobre a possibilidade de a segunda maior economia do mundo proporcionar vacinas para o mecanismo, disse  Aylward.

A agência publicou nessa sexta-feira um esboço dos critérios de avaliação do uso emergencial de vacinas contra a covid-19, para ajudar a orientar as farmacêuticas à medida que os testes chegarem a estágios avançados, disse a diretora-geral-assistente da OMS, Mariangela Simao. O documento estará disponível para comentários públicos até o dia 8 de outubro.

Também nessa sexta-feira, uma autoridade de saúde chinesa disse que a OMS deu seu apoio para que o país iniciasse a administração de vacinas experimentais contra o novo coronavírus, enquanto os testes clínicos ainda estão em andamento.

Últimas Notícias
Saúde 15 Dez às 07:50
São 329.297 casos registrados desde o início da pandemia. Nesta segunda-feira (14), a Secretaria de Estado da Saúde divulgou mais 1.146 diagnósticos positivos e 39 mortes. Há 1.256 pacientes com diagnóstico confirmado internados.
Saúde 15 Dez às 07:39
Em nota, agência diz que poderá usar dados de saúde de outros países
Saúde 14 Dez às 06:39
Até o momento, 5,98 milhões de brasileiros já se recuperaram da doença
Saúde 13 Dez às 06:38
Nove meses após a confirmação dos primeiros diagnósticos da doença no Paraná, a Secretaria de Estado da Saúde alerta que a situação é crítica e demanda responsabilidade de todos para evitar a transmissão do novo coronavírus.
Saúde 13 Dez às 06:27
Documento descreve vacinas adquiridas e grupos prioritários
Saúde 12 Dez às 07:50
Ratinho Junior falou à imprensa nesta sexta-feira e destacou que o Governo do Estado já comprou agulhas, câmaras frias e mais EPIs. Logística envolve 1.850 salas de vacinação. Paraná respeitará calendário nacional e tem R$ 200 milhões para comprar vacinas
Saúde 11 Dez às 07:32
Autorização de uso emergencial é restrita a um “público definido"
Saúde 27 Set às 06:42
Dados são da Fundação Oswaldo Cruz
Saúde 25 Set às 21:19
Do total de infectados, 86,2% se recuperaram da doença
Tecnologia e desenvolvimento