focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Saúde
Novo LIRAa aponta redução no índice de infestação por Aedes aegypti em Santa Helena
Por Assessoria | Postado em: 23/03/2019 - 08:43

Mais Imagens

Um novo boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, através do departamento de Endemias, mostrou que o Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti - LIRAa apresentou redução no número de infestação do mosquito transmissor de doenças como a dengue, zika vírus e chikungunya.

 

Em fevereiro, o índice larval apontou 12.5% e agora os números caíram para 8.6%. Mesmo com a redução, o alerta sobre os cuidados no combate ao mosquito da dengue continua, pois o índice preconizado pelo Ministério da Saúde é de apenas 1%.

 

O novo balanço também apresentou um aumento no número de casos de dengue no município. No mês de fevereiro, sete casos haviam sido confirmados, sendo que dois deles são importados, de pessoas que contraíram a doença em outro estado e cinco casos em pessoas da mesma família e que acabaram contraindo a doença.

 

Atualmente, Santa Helena possui 56 casos suspeitos e nove casos de dengue confirmados, sendo que dois deles são autóctones (pessoas que contraíram a doença dentro do município) e aumentam a preocupação dos setores responsáveis pelo combate ao mosquito Aedes aegypti; "Mesmo com a redução nos números de infestação do mosquito, permanece a preocupação quanto ao controle da doença e ao mosquito transmissor. É importante o apoio da comunidade verificando seus quintais, principalmente em períodos de chuvas", comenta Terezinha Bottega, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde.

 

Vale ressaltar que após a confirmação de um paciente com a doença, deve permanecer longe de locais que tenham fluxo de pessoas, evitando a transmissão do vírus. Ao constatar sintomas iguais ao da dengue, a pessoa deve procurar imediatamente uma unidade de saúde mais próxima para ser avaliada por um médico.

Últimas Notícias
Saúde 15 Ago às 07:02
Estado chegou a 95 mortes em decorrência da doença desde janeiro de 2019, conforme boletim divulgado nesta quarta-feira (14); em uma semana, casos confirmados subiram de 499 para 510
Saúde 01 Ago às 07:21
Mortes confirmadas nesta quarta-feira (31) foram em Guarapuava, Londrina e Capitão Leônidas Marques; em uma semana, os casos confirmados da doença subiram de 448 para 488
Saúde 31 Jul às 07:35
De 29 de julho de 2018 até 30 de julho deste ano, 23 pessoas morreram por dengue; além disso, foram 29 casos confirmados de chikungunya e cinco de zika vírus, segundo a secretaria
Tecnologia e desenvolvimento