focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Policial
"Narcotráfico e terrorismo do PCC traz FBI e DEA para a fronteira"
Além de dominar o crime organizado em quase todo o País, a presença do PCC em outros países é o que gerou o alerta internacional
Por O Paraná | Postado em: 09/01/2018 - 08:41

Falar em terrorismo na tríplice fronteira é arrumar confusão. Uns dizem que é estratégia para esvaziar o turismo das belas cataratas brasileiras e argentinas, outros garantem que tem muito treinamento de "homem-bomba" por ali. Mas uma coisa é fato: pelo menos agora, tanto DEA (Drug Enforcement Administration - agência de combate ao narcotráfico norte-americana) quanto o FBI (Federal Bureau of Investigation - serviço de inteligência dos Estados Unidos) estão instalados - e bem - na nossa região, em cooperação direta com a Polícia Federal e outras forças de inteligência brasileira. Motivo? O PCC (Primeiro Comando da Capital).

Além de dominar o crime organizado em quase todo o País, a presença do PCC em outros países é o que gerou o alerta internacional. E tem gente que ainda acha que seu "poder de fogo" se restringe a ditar rebeliões em cadeias.

O reconhecimento do envolvimento da facção com células terroristas como Hezbollah trouxe para a região da tríplice fronteira - Brasil, Paraguai e Argentina - esses (e outros) organismos americanos para investigar esse enraizamento e suas possíveis parcerias.

Questões como estas vêm sendo alertadas nos últimos meses pelas forças de inteligência nacionais e internacionais.

Os Estados Unidos atuam de forma mais incisiva com agentes da agência DEA, do FBI (Federal Bureau of Investigation) e do serviço antiterrorismo.

Com a aquisição de novas armas, alavancadas pela troca de informações com essas células terroristas, o PCC está aumentando sua capacidade bélica para as já famosas guerras entre facções. Em troca seguem as drogas que ajudam a bancar o terrorismo.

Quem são

Isso tudo teria como contribuição o fato de Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, o grande líder do PCC, ter pais bolivianos, de Santa Cruz de La Sierra. Marcola teria então acesso privilegiado à cocaína produzida na Bolívia, enviando-a para os Estados Unidos, para a Europa e o Oriente Médio. Algumas dessas rotas seriam controladas apenas pelo PCC e outras pelo PCC em parceria com o Hezbollah.

"Há uma presença massiva de forças antiterrorismo na região da tríplice fronteira, tanto do DEA, quanto do FBI quanto do serviço antiterrorismo pela possível ligação do financiaram do terrorismo pelo tráfico de drogas. Há a capitalização a partir do tráfico (?) Eu entendo o PCC como um grupo de terrorismo. A morte dos agentes penitenciários em Cascavel foi para desestabilizar as estruturas do Estado. Quem faz isso é uma organização terrorista que precisa ser combatida", declarou, com exclusividade ao Jornal O Paraná, o delegado-chefe da Delegacia da Polícia Federal em Cascavel, Marco Smith. Que avisa: "O PCC é uma empresa multinacional do crime".
 
Fonte: O Paraná

Últimas Notícias
Policial 13 Jun às 09:30
MPF divulgou nota afirmando que 'diálogos inteiros podem ter sido forjados' depois de um invasor se passar por integrante do Conselho Nacional do Ministério Público
Policial 08 Jun às 09:51
Hachmann é apontado como líder uma organização criminosa que, entre outros fraudava licitações para favorecer empresas do parlamentar registradas em nome de terceiros em Marechal Cândido Rondon
Policial 03 Jun às 09:42
De acordo com a polícia, carga vinha do Paraguai. Motorista abandonou o carregamento e fugiu
Policial 31 Mai às 10:06
Operação foi deflagrada nesta sexta-feira (31); há 12 mandados de prisão e 13 de busca e apreensão
Policial 28 Mai às 09:30
Ação foi deflagrada nesta terça-feira (28). Quatorze pessoas foram presas no início desta manhã
Policial 28 Mai às 09:27
Na sexta-feira (24), a Justiça tinha determinado a execução provisória da pena imposta ao ex-deputado imediatamente
Policial 24 Mai às 07:44
Segundo os policiais, Tiago Pereira Maciel apresentou um documento com nome falso; Vendelino Royer foi morto a tiros em julho de 2008
Policial 24 Mai às 07:40
Nilson Hackmann (PSC) foi preso em uma operação do Gaeco em Marechal Cândido Rondon, no oeste do Paraná
Policial 22 Mai às 13:48
Orivaldo Malaggi, que comandava a Secretaria de Obras e Viação de São Miguel do Iguaçu, está preso desde o dia 22 de março
Policial 21 Mai às 07:25
Defesa chamou 51 testemunhas para serem ouvidas no processo. Destas, 48 moram em cidades do interior do estado. Em abril, STJ determinou que processo seja julgado pela Justiça Estadual do Paraná
Tecnologia e desenvolvimento