focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Policial
Justiça manda bloquear quase R$ 20 milhões de Beto Richa em investigação da Lava Jato
Ex-governador do Paraná é acusado de participar de crimes de fraude à licitação, corrupção passiva e operações de lavagem de dinheiro
Por G1 | Postado em: 15/08/2019 - 07:06

A Justiça Federal mandou bloquear R$ 20 milhões em bens e ativos financeiros do ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) depois de um pedido da força-tarefa da Operação Lava Jato. A determinação do bloqueio foi aceita no fim de julho.

Além do bloqueio, o despacho prevê a indisponibilidade de bens imóveis, de veículos e o sequestro de parte de imóvel citado no esquema de corrupção investigado na Operação Piloto. As mesmas medidas, com valores proporcionais, foram aplicadas a outros seis réus.

Réu no processo, o ex-governador é acusado de participar de crimes de fraude à licitação, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Conforme o Ministério Público Federal (MPF), pagamentos milionários foram feitos em favor de agentes públicos e privados no estado em troca de um possível direcionamento na licitação das obras da PR-323, entre Maringá, no norte, e Francisco Alves, no noroeste.

De acordo com a denúncia, em troca de pagamentos de propina, a Odebrecht seria favorecida na licitação das obras na rodovia. A duplicação do trecho nunca saiu do papel.

Segundo os procuradores, o nome da operação, que é a 53ª etapa da Lava Jato, faz referência ao codinome usado nas planilhas da construtora Odebrecht para se referir ao ex-governador. Richa também é réu em outros dois processos da Lava Jato.

A defesa de Beto Richa informou que vai se manifestar somente no processo, "diante da insistência repetitiva do Ministério Público Federal, relativamente ao tema de indisponibilidade de bens”.

Últimas Notícias
Policial 26 Jan às 07:14
Investigado em várias operações, ele estava detido desde março de 2019
Policial 24 Dez às 07:06
Equipamentos cobrem 5 mil quilômetros de estradas em todo o país
Policial 18 Dez às 14:37
Os contratos foram feitos entre a Petrobras e empresas de afretamentos
Policial 28 Nov às 06:42
Pena foi agravada por Lula ter praticado crimes enquanto presidente
Policial 09 Set às 06:39
A droga estava escondida em um caminhão-tanque
Tecnologia e desenvolvimento