focosh@focosh.com.br
(45) 98813-1115
Você está em: Página Inicial > Política
Em áudio, Beto Richa manda cobrar empreiteiro: ‘Vai pra cima!’
Gravação mostra tucano conversando com delator sobre empresário que não estaria pagando propina. 'Eu não vou cobrar. Não sei de nada', diz político
Por VEJA | Postado em: 13/09/2018 - 07:43

Naquela que talvez seja a mais explosiva prova da Operação Rádio Patrulha, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual nesta terça-feira, 11, o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) aparece em um diálogo pedindo para que o empresário Tony Garcia, delator do esquema, cobre um empreiteiro que, segundo a investigação, não estaria pagando propina. “Vai pra cima”, diz Richa, que está preso, junto com sua mulher, Fernanda Richa, o irmão e ex-secretário da pasta da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, além de ex-secretários e assessores.

Na conversa, Richa e Garcia falvam sobre o empreiteiro Celso Frare, dono da Ouro Verde Transportes e Locações, uma das empresas envolvidas no esquema. O empresário, que em um vídeo anexo aos processos aparece separando dinheiro vivo, também foi preso.

O áudio é um dentre os vários entregues pelo delator à Justiça. Há também conversas com os empreiteiros que participavam do esquema, que cobrava 8% do lucro bruto obtido pelas empresas com a manutenção de estradas rurais no interior do Paraná, e diálogos com José Richa Filho e outros aliados do governador, como o ex-chefe de gabinete Deonílson Roldo; o secretário de Cerimonial e Relações Internacionais, Ezequias Moreira; e Luiz Abi Antoun, primo de Beto.

Confira a transcrição do áudio:

TONY: Você tem falado com o CELSO FRARE?
BETO: Falei.
TONY: Quando?
BETO: Falei, anteontem.
TONY: Aonde?
BETO: No almoço na casa dos DE LARA. Com o EDUARDO CAMPOS… Mas assim, de receber, falar sozinho, não.
TONY: Ele não acertou o negócio aí.
BETO: Ahn?
TONY: Ele não acertou o negócio aí.
BETO: Ah! Ele me agradeceu, “já entrou um tico-tico lá que tava atrasado, obrigado”.
TONY: Isso.
BETO: Ele sabe que tá difícil sair, já pagaram uma parte… Bão…
TONY: Isso… Só que ele não pagou a parte que tem que pagar.
BETO: Se bobear, se não for pra cima, nós não…
TONY: Isso.
BETO: É você que ficou encarregado?
TONY: É eu que fiquei.
BETO: Então vai pra cima!
TONY: Vou pra cima, vou falar pra ele…
BETO: Eu não vou cobrar ele.
TONY: Não, você não pode! Nem você nem o PEPE.
BETO: Não sei de nada.
TONY: Deixa, você tem que ficar quieto. Fica na tua. Eu vou lá falar com ele… O outro que eu tô pegando, firme, que também que é o mais que tá recebendo e que não tá acertando, é o CASAGRANDE também. Já peguei ele também. E agora pedi pro EZEQUIAS me ajudar. “EZEQUIAS só fala pra ele o seguinte ó, que ele tem que fazer o que tá combinado com o PEPE”. O que ele tem que fazer. É o que eu vou fazer com o CELSO e com o JOEL agora também. Entendeu?

Nesta quarta-feira, a assessoria de Richa divulgou uma nota atribuída a ele: “Enfrento com serenidade e confiança qualquer acusação, mas devo dizer que eu minha família estamos sofrendo muito com o julgamento antecipado que está nos sendo imposto. Sou um homem público há mais de duas décadas, com a mesma honradez. Tenho a consciência em paz e sei que, no devido tempo, a verdade sempre se impõe. Garanto a você, que me conhece e para quem exerço com responsabilidade a vocação que Deus meu deu: nada devo e sigo confiando na Justiça”.

A defesa de Deonilson Roldo disse que ainda não teve acesso aos detalhes da investigação. O advogado Roberto Brzezinski Neto falou que Roldo “está abalado” e que a prisão foi desnecessária, uma vez que ele já tinha se colocado à disposição da Justiça para prestar esclarecimentos. A defesa de Luiz Abi Antoun disse que não irá se manifestar.

A reportagem não conseguiu contato com a defesa de Ezequias Moreira. A defesa de Pepe Richa informou que só vai se manifestar nos autos.

Últimas Notícias
Política 20 Set às 07:50
João Amoêdo (Novo) e Alvaro Dias (Podemos) têm 3% cada um; e Henrique Meirelles (MDB), 2%; Vera (PSTU) e Guilherme Boulos (PSOL), 1% cada um. Cabo Daciolo (Patriota), João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram
Política 19 Set às 17:46
Ex-prefeito registrou candidatura à Presidência no último dia 11 após Lula ser barrado com base na Ficha Limpa. TSE também analisará registro de Manuela D'Ávila como candidata a vice
Tecnologia e desenvolvimento